Contato

29 de março de 2022

Edital Conexão Oceano oferece bolsas para a produção de reportagens e prêmio para fotografias

Social

Iniciativa da Fundação Grupo Boticário em parceria com a COI-Unesco pretende estimular a produção de conteúdo jornalístico de qualidade sobre oceano, mudanças climáticas e resiliência costeiro-marinha

Categoria Fotografia premiará melhores trabalhos em quatro categorias: paisagem marinha, atividade relacionada com o mar, protagonismo feminino e vida marinha.

A Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza e a Comissão Oceanográfica Intergovernamental (COI) da Unesco lançam nesta segunda-feira, 28, a segunda edição do Edital Conexão Oceano de Comunicação Ambiental. A principal novidade é inclusão da categoria Fotografia no processo, que distribuirá até R$ 30 mil em prêmios para imagens de espécies, paisagens e atividades relacionadas com o oceano e ambientes costeiro-marinhos. Na categoria Jornalistas, até cinco projetos de reportagem serão selecionados para receber bolsas de R$ 8 mil cada. As inscrições podem ser feitas até o dia 15 de maio por meio de formulário disponível no site da Fundação Grupo Boticário.

“Com o sucesso da primeira edição, decidimos manter o apoio à produção de reportagens e ampliar o escopo do Edital, sempre em busca de conteúdos qualificados. Acreditamos que a comunicação tem potencial de sensibilizar e engajar a sociedade, além de chamar a atenção da opinião pública, investidores e tomadores de decisão para assuntos relacionados à sustentabilidade marinha”, afirma o gerente sênior de Engajamento, Comunicação e Relações Institucionais da Fundação Grupo Boticário, Omar Rodrigues.

Na categoria Jornalistas, os interessados devem inscrever propostas de pauta que abordem a relação existente entre mudanças climáticas, clima, oceano e resiliência e adaptação costeiro-marinha. Podem se inscrever profissionais formados ou que comprovem exercer a função regularmente há pelo menos dois anos, sem a necessidade de serem especializados em coberturas ambientais. A seleção considerará a criatividade e originalidade da pauta; a relevância do tema para a sociedade; a consistência do plano de apuração e de divulgação; o currículo e a qualidade das produções anteriores do candidato; além do alcance do veículo de comunicação. As inscrições poderão ser individuais ou em dupla e as reportagens deverão ser publicadas em veículos de comunicação impressos, portais, sites, emissoras de rádio ou TV.


“O Edital permitiu que nos dedicássemos em profundidade ao tema de nossa reportagem, o que não costuma ser possível no dia a dia tão corrido das redações. Além disso, a própria organização nos ofereceu apoio, sugestão de fontes e outras orientações para tornar o material mais rico e completo, sempre com a independência necessária para o trabalho jornalístico”, conta a jornalista Cristiane Prizibisczki, do site ((o))Eco, contemplada, junto com Carolina
Lisboa, na primeira edição do Edital para produzir reportagem sobre a legislação costeiro-marinha no Brasil.

Fotografia
Na categoria Fotografia, podem se inscrever fotógrafos profissionais e amadores. As imagens devem retratar o oceano em seus diversos ecossistemas e habitats nas seguintes temáticas:

  • Paisagem (ambientes naturais brasileiros, como praias, manguezais, restingas, dunas, estuários, subaquáticos);
  • Atividade relacionada com o mar (atividades econômicas, culturais, esportivas, científicas, recreativas, de bem-estar desenvolvidas na costa brasileira);
  • Protagonismo feminino (a presença feminina nas diversas atividades desenvolvidas, no Brasil, em contato com o oceano)
  • Vida marinha (espécies nativas da costa brasileira que vivem na terra, na água, no ar).
  • Também haverá premiação aos três vencedores da categoria Voto Popular.

Década do Oceano
O Edital Conexão Oceano de Comunicação Ambienta está alinhado com a Década da Ciência Oceânica para o Desenvolvimento Sustentável, ou simplesmente Década do Oceano, que busca conscientizar a população global sobre a importância dos oceanos e mobilizar atores públicos, privados e da sociedade civil organizada em ações que promovam a saúde e a sustentabilidade dos mares. A Fundação Grupo Boticário é reconhecida pela Unesco e pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações como uma das representantes da sociedade civil da Década do Oceano no Brasil.

Serviço
Edital Conexão Oceano de Comunicação Ambiental

Inscrições: de 28 de março a 15 de maio, em formulário no site da Fundação Grupo Boticário.

Mais informações: Leio o regulamento do Edital aqui.

ODS 1. ERRADICAÇÃO DA POBREZA Acabar com a pobreza em todas as suas formas, em todos os lugares

ODS 3. SAÚDE E BEM ESTAR Assegurar uma vida saudável e promover o bem-estar para todos, em todas as idades

ODS 5. IGUALDADE DE GÊNERO Alcançar a igualdade de gênero e empoderar todas as mulheres e meninas

ODS 7. ENERGIA ACESSÍVEL E LIMPA Assegurar o acesso confiável, sustentável, moderno e a preço acessível à energia para todos

ODS 8. TRABALHO DECENTE E CRESCIMENTO ECONÔMICO Promover o crescimento econômico sustentado, inclusivo e sustentável, o emprego pleno e produtivo e o trabalho decente para todos

ODS 9. INOVAÇÃO E INFRAESTRUTURA Construir infraestrutura resiliente, promover a industrialização inclusiva e sustentável, e fomentar a inovação

ODS 10. REDUÇÃO DAS DESIGUALDADES Reduzir a desigualdade dentro dos países e entre eles

ODS 11. CIDADES E COMUNIDADES SUSTENTÁVEIS Tornar as cidades e os assentamentos humanos inclusivos, seguros, resilientes e sustentáveis

ODS 12. CONSUMO E PRODUÇÃO RESPONSÁVEIS Assegurar padrões de produção e de consumo sustentáveis

ODS 13. AÇÃO CONTRA A MUDANÇA GLOBAL DO CLIMA Tomar medidas urgentes para combater a mudança do clima e seus impactos*

ODS 14. VIDA NA ÁGUA Conservar e promover o uso sustentável dos oceanos, dos mares e dos recursos marinhos para o desenvolvimento sustentável

ODS 15. VIDA TERRESTRE Proteger, recuperar e promover o uso sustentável dos ecossistemas terrestres, gerir de forma sustentável as florestas, combater a desertificação, deter e reverter a degradação da terra e deter a perda

ODS 17. PARCERIAS E MEIOS DE IMPLEMENTAÇÃO Fortalecer os meios de implementação e revitalizar a parceria global para o desenvolvimento sustentável